Quarta-Feira , 13 de Dezembro de 2017

Política

Joesley Batista quer processar Temer, diz Folha

Em 20/07/2017 , às 15h16 -

Imagem: Divulgação   (Imagem:Divulgação )
 O empresário Joesley Batista, um dos donos do frigorífico JBS, deve processar o presidente Michel Temer (PMDB) por ter sido ofendido publicamente.

De acordo com a coluna da jornalista Mônica Bergamo, publicada nesta quinta-feira (20) pelo jornal Folha de S. Paulo, os advogados de Joesley consideram que, depois do acordo de delação premiada, o empresário passou da condição de criminoso para a de testemunha protegida pelo Estado. Dessa forma, toda vez que alguém o chama de “bandido” estaria cometendo crime de injúria, calúnia e difamação.

Segundo a publicação, jornalistas, apresentadores de TV e outros políticos também devem ser acionados – mais de 20 pessoas estariam na mira do empresário.

As possíveis indenizações, segundo o jornal, seriam destinadas para uma instituição de caridade.

No dia 27 de junho, o presidente Michel Temer fez um pronunciamento sobre a denúncia oferecida pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que o acusa de corrupção passiva.

No discurso, o peemedebista chamou Joesley de “bandido confesso” e seus assessores de “capangas”. Fonte: Exame.com

Enviar por email

Comentário: Os comentários serão incluídos na mensagem

Comente esta notícia