Segunda-Feira , 25 de Setembro de 2017

Polícia

Defesa de Lula apresenta documentos em que OAS diz ser dona do tríplex

Em 20/04/2017 , às 14h47 -

Imagem: Divulgação  (Imagem:Divulgação)
 A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou na quarta-feira documentos de recuperação judicial da empreiteira OAS em que a empresa afirma ser a proprietária do tríplex do Condomínio Solaris, em Guarujá, no litoral de São Paulo, segundo reportagens na mídia.

Os documentos serão protocolados na 13ª Vara de Curitiba, onde Lula é acusado de receber propinas da construtora OAS na forma de um apartamento tríplex no Guarujá e pelo pagamento de despesas de armazenagem de seus bens pessoais. Esses recursos, segundo o Ministério Público, teriam origem no esquema de corrupção da Petrobras.

Segundo o advogado Cristiano Zanin Martins, os documentos do plano de recuperação judicial da OAS reforçam a tese da defesa de que é "impossível que o apartamento seja propriedade de Lula".

Martins citou ainda a absolvição sumária do empresário Léo Pinheiro, sócio da OAS, e do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto pela Justiça de São Paulo da acusação de supostos crimes praticados no caso da empreiteira na Bancoop, na terça-feira, além de outras dez pessoas ligadas à Bancoop.

Lula era um dos acusados na denúncia, que está relacionada ao Condomínio Solaris, mas seu caso foi transferido ao juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato em primeira instância. Fonte: Reuters

Enviar por email

Comentário: Os comentários serão incluídos na mensagem

Comente esta notícia